ESCOLA SHINKYU DOJOH

A Escola Shinkyu Dojoh de Acupuntura e Moxaterapia japonesa foi criada em 1999 pelo Professor Yoshihiro Odo, nascido em Tokyo-Japão e vem promovendo cursos, work-shops e palestras por todo o Brasil e no exterior. 

É uma Escola de formação em Acupuntura e Moxaterapia, baseada no Metodologia Dôjoh de ensino, com ênfase na relação mestre-aprendiz, em que se prioriza o treinamento e desenvolvimento da sensibilidade/percepção e a arte de utilização das ferramentas de interação com o outro (paciente, meio ambiente).

A Acupuntura e Moxabustão são recursos indissociáveis da Medicina Oriental, e são ensinados juntos no oriente, no respeito às antigas tradições e escritas onde revelam que os meridianos da Acupuntura foram descobertos e aperfeiçoados com a Moxabustão.

A acupuntura japonesa se diferenciou daquelas das demais nações asiáticas, com a descoberta do “Kanshin-hô” pelo mestre WAICHI SUGUIYAMA que era deficiente visual, e que consiste no uso de canaletas como condutor das agulhas de acupuntura, para a inserção indolor das agulhas e consequente aperfeiçoamento destas ferramentas cada vez mais finas e de metais preciosos como ouro, prata e platina.

Tem como propósito transmitir aos profissionais das diversas áreas da saúde todo conhecimento que tivemos acesso e abrir as portas para o intercâmbio continuado desta importante faceta da Medicina Oriental, e entender que o objetivo final é o de contribuir para melhorar a vida dos cidadãos, em harmonia com o planeta, com os recursos que dispomos da Acupuntura e Moxaterapia Japonesa.

Neste ano de 2017 abrimos inscrições para o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Acupuntura e Moxaterapia Japonesa, com 1 ano e meio de duração, curso com módulos de finais de semana, uma vez ao mês, num total de 16 módulos regulares, com programações previstas de três módulos extras.

Os alunos que aqui se formarem sairão capacitados para exercerem o atendimento clínico junto a pacientes com patologias e sintomas indicados na acupuntura e moxaterapia japonesa, e na listagem de patologias publicadas pela OMS.

– Temos ainda a previsão de oferecer cursos complementares para a formação de professores e pesquisadores nestas áreas de conhecimento e pratica da medicina oriental e ancestral.

ACUPUNTURA E MOXATERAPIA JAPONESA

No século V a importação da literatura de acupuntura e moxaterapia no Japão se fez junto com o budismo e ideogramas.

O conhecimento prático havia sido feito cerca de 8 séculos antes (século 3 a.C.), pela comitiva do clã Xi-FU, fugitivo da China dominada pelo imperador Qim.

Num solo onde o domínio da natureza é absoluto em relação à tecnologia (ilhas repletas de vulcões, terremotos e tufões) , a cultura japonesa já havia formado uma noção de consciência e existência humana apenas como uma pequena parte da natureza planetária.

Integrado ao ideário de monges peregrinos que divulgam o conhecimento de saúde espiritual,  a acupuntura e moxaterapia japonesas transmitiram uma noção de saúde a ser perseguido autonomamente por cada indivíduo.

A influência do budismo aperfeiçoou o desenvolvimento do conhecimento dos cinco elementos (cinco movimentos), integrando com a noção de pontos e meridianos de acupuntura e moxaterapia.

No período Edo (século 17 a 19), a Acupuntura japonesa se diferenciou da Chinesa pelo desenvolvimento de novas metodologias e tecnologias: Desenvolvimento de Dashin-hô (agulha de martelinhos), e Kanshin-hô – Uso de canaletas para inserção indolor de agulhas.

No mesmo período houve um grande aperfeiçoamento da matéria prima de moxa e incenso, que favoreceu as técnicas sutis e apuradas da moxaterapia.

Na era moderna iniciada no século 19, a acupuntura e moxaterapia japonesa integrou os conhecimentos de anatomo/fisiologia da Medicina Ocidental.

No século 20, após a segunda guerra mundial, a acupuntura japonesa se modernizou ainda mais integrando pesquisas estatísticas e experimentos laboratoriais.

Podemos dizer que a convivência do Antigo e moderno,  sempre voltado para melhorar a qualidade da saúde humana é a essência da acupuntura japonesa.